Buscar

Consciência Pesada



Infelizmente a Bienal do livro terminou. Amanhã, um vazio estranho vai tomar conta da rotina de quem esteve lá durante os últimos dias. Vai demorar para entender que Bienal do livro mais uma vez, só no próximo ano.

Agora é hora de analisar a situação financeira. Provavelmente, ela está com a bandeira vermelha, indicando que os gastos ultrapassaram todos os limites. Quantas vezes, antes da Bienal começar, você disse, quase jurou, que não ia comprar muitos livros?

— Estou sem dinheiro, vou comprar só dois — disse um amigo, antes de embarcar para o Rio de Janeiro.

Quando voltou, precisou de ajuda. Carregava muitos livros na bagagem.

— Esse é para minha filha — explicou. — Esse outro é para uns amigos do trabalho e os demais, para mim.

Lá se foi a promessa que ele fez, quando disse que não estava podendo gastar muito. Chegou o momento de calcular o prejuízo. A consciência vai ficar pesada durante um bom tempo.

E falando em consciência pesada, na última vez que estive na Bienal, até os livros ficaram com raiva de mim. Lembro que eu tinha três livros para ler. Começou a Bienal e jurei que não compraria nenhum. O juramento foi quebrado, no instante que vi tantos títulos bons disponíveis ali, na minha frente. Comprei mais do que havia planejado.

Quando cheguei em casa, organizei os livros recém-comprados na estante; logo separei um para começar a ler. O livro que estava na fila para leitura ficou me olhando com raiva. A situação piorou mais ainda, quando abri ele para pegar o marca páginas que indicava onde a leitura tinha parado. Como ato de protesto, o livro deslizou de minhas mãos e foi para o chão. Ele estava inconformado com o fato de ter sido substituído por um livro comprado na Bienal.

E devo admitir que ele tinha razão. Na lista enorme de livros para ler, ele ainda está lá, esperando para ser o escolhido da vez. Vai demorar um pouco, pois deixei de lado o livro comprado na Bienal e estou lendo outro, indicado por um amigo. E a minha consciência continua pesada; dificilmente vou terminar a lista de leitura antes da próxima Bienal. Mas, pelo menos, não sou o único que estou nesta situação, não é mesmo?






Obrigado pela visita!


É sua primeira vez por aqui?

Faça seu cadastro e login no fim da página para deixar seu like e comentário (é rapidinho).


Se gostou, não deixe de compartilhar na sua rede social favorita, ficarei muito feliz com o carinho... :)


Até breve,

VANDER CHRISTIAN




#cronica #relatos #cotidiano #escritos